quarta-feira, 3 de abril de 2013

Cheias do Rio Tejo

Umas imagens dispersas, captadas a 2 de Abril de 2013, que ilustram bem a dimensão das Cheias do Rio Tejo na área a Norte de Santarém.

Cheias do Rio Tejo - Reguengo de Alviela
Cheias do Tejo - 1 - Reguengo de Alviela

Cheias do Rio Tejo - Reguengo de Alviela
Cheias do Tejo - 2 - Reguengo de Alviela

Cheias do Rio Tejo - Reguengo de Alviela
Cheias do Tejo - 3 - Reguengo de Alviela

Cheias do Rio Tejo - Azinhaga
Cheias do Tejo - 4 - Azinhaga

Cheias do Rio Tejo - Pombalinho
Cheias do Tejo - 5 - Pombalinho

Cheias do Rio Tejo - Aeródromo de Santarém
Cheias do Tejo - 6 - Aeródromo de Santarém

Cheias do Rio Tejo - Ponte Salgueiro Maia
Cheias do Tejo - 7 - Ponte Salgueiro Maia

Cheias do Rio Tejo - Ponte S. Luis
Cheias do Tejo - 8 - Ponte S. Luis

Cheias do Rio Tejo
Cheias do Tejo - 9

Cheias do Rio Tejo
Cheias do Tejo - 10

Cheias do Rio Tejo
Cheias do Tejo - 11

Cheias do Rio Tejo
Cheias do Tejo - 12

Cheias do Rio Tejo
Cheias do Tejo - 13

Cheias do Rio Tejo
Cheias do Tejo - 14

Santarém

...

6 comentários :

  1. Magníficas fotografias. Realmente só do " ar " é que se pode ter uma percepção da gravidade ( ou não ) do fenómeno .
    Muitos parabéns e obrigado pela partilha.
    Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  2. grande fotografias! e grande cheia!
    cumps

    MSantos

    ResponderEliminar
  3. Antero Leite

    Então as barragens não servem para controlar os caudais dos rios?

    ResponderEliminar
  4. Preocupante, desesperante para quem vive a desgraça mas observa-se uma estranha e mórbida tranquilidade.

    ResponderEliminar

 
Google+